eBooks Amazon

Traduzir Dê Português para Chinês Traduzir Dê Português para Espanhol Traduzir Dê Português para Italiano Traduzir Dê Português para Françês Traduzir Dê Português para Inglês Traduzir Dê Português para Alemão Traduzir Dê Português para Japonês Traduzir Dê Português para Russo
TRANSLATE

Contrabando de pensamentos










Quem disse que não posso sonhar o impossível? Onde escutei que é mais fácil ter os pés no chão? PARA QUEM??? Por que devo posicionar os membros inferiores ao piso se posso tê-los levitados na força da gravidade, no magnífico resplendor da imaginação? Não digam que não posso sonhar! Se alguém de fato não logra, acordado ou no berço adormecido, trazer a tona o “impossível”, permitam que os demais continuem sonhando, a vida já é dura demais pra privar-nos também da propriedade intelectual do surreal ... Quem afirmou que não posso tentar, arriscar e quem sabe, com sorte, quebrar a cara? Levantar, reinventar, acertar, aprender... Crescer! Quem disse que devemos sempre acertar na primeira tentativa livre dos perigos da opção insegura? Quem acredita que devemos abraçar as respostas mastigadas, seguir profissões lucrativas, que só o dinheiro traz felicidade e que paixão é bobagem? Ora, só quem está morto perde seus sonhos. Feliz daquele que pode criar um pouco de fantasia no cotidiano real e ausentar-se desse contrabando de pensamentos da nova era!!

Kommentare:

  1. Mandou bem, com poucas palavras causou um impacto!! Gosto muito dos seus artigos!!! Li sobre a viagem a Roma e a neve, concordo plenamente com seu posicionamento e a parabenizo por desprender seu tempo a escrever aos demais!! Beijo grande!!

    AntwortenLöschen
  2. Parece que nos nosso tempos há um forte desejo de incutir desejos em quem ainda é incapaz de pensar por conta própria, precisamos de bons empregos, que nos paguem fortunas a fim de arcarmos com as despesas de todos nossos anseios mesquinhos (sendo esse adjetivo omitido).
    Eu sou totalmente avesso a tal forma de pensar, de que adianta matar-se trabalhando buscando um estipêndio do qual nem se poderá desfrutar direito ou trocar a vida presente por esperanças espúrias e tacanhas. Acredito que, como disse Sartre, a vida por si só não tem sentido algum, então devemor atribuir-lhe um. Porém nós mesmos devemos fazê-lo, não permitir que outros decidam o propósito de nosso existir.

    AntwortenLöschen

E você, já pegou no livro hoje?

Ebook de Segundas Intenções na Amazon

eBook Best Seller na Amazon: Segundas Intenções

Oi gentem! Tudo certinho com vocês? Eu não poderia estar melhor! Rezemos! J ;)  A promoção dos meus eBooks na A...

Qualquer semelhança desse blog com a realidade, é pura cagada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilha mais essa asneira também, bro!!!