eBooks Amazon

Traduzir Dê Português para Chinês Traduzir Dê Português para Espanhol Traduzir Dê Português para Italiano Traduzir Dê Português para Françês Traduzir Dê Português para Inglês Traduzir Dê Português para Alemão Traduzir Dê Português para Japonês Traduzir Dê Português para Russo
TRANSLATE

Argentina: Hasta la victoria siempre!!


Lembro quando cheguei nesse país em 2004 e permaneci por dois longos anos, olha que sou brasileira, vizinha, do “país hermano” e ainda sim, fui recebida legitimamente como estrangeira (ou alienígena), com direito a um apelido que perdura carinhosamente até hoje: “Garota”. Olhares espectadores, sorrisos gratuitos, tratamento vip, quarenta convites para “el asado” no final de semana e mil litros de “mate” de segunda a sexta-feira. Traduzirei a palavra mate, como chimarrão, é extremamente social, você pode conversar horas a fio com a bendita bebida, seja verão ou inverno, da hora que levanta a hora que dorme. A bebida é interessante, tem valor social, é diurética e fluidificante, é como uma droga com efeito da verdade. Quando a visita está prestes a se retirar, vem a indagação: “Hey, che, tomemos unos mates mas”!! e isso segue por mais ou menos dez vezes repetitivas até que a língua fique seca e verde, ou, você tenha uma ligeira diarreia.
Vivi em Rosário, a cidade é tao universitária que no período das férias, a mesma fica inabitada, no entanto, durante as aulas, existe uma multidão de jovens desfilando pelas ruas, alternativos, hippies, casuais... o comum entre o clássico e o despojado é a velha e boa havaiana nos pés, e acreditem: Esse chinelinho que não descola e não dá cheiro, pode até ser meio cafona no Brasil, mas na Argentina, meus amigos, é chiquérrima! Há pessoas que viajam ao exterior (Brasil), somente para comprar o tal calçado famoso, (até pensei em formar quadrilhas organizadas, contrabandear, traficar havaianas..., tenho certeza, poderia ter ficado milionária nessa época!)

Devo admitir com certa relutância, mas Argentino é legal, são os brasileiros que enchem o saco com os milhões de piadas inteligentes e criativas sobre Argentina e argentinos, enquanto los hermanos tem outras tantas, mas com um único personagem: Pelé! Não poderia contar nos dedos, juntando pés e mãos (e outras mãos emprestadas), quantas vezes escutei a pergunta: Quem é melhor jogador, Pelé ou Maradona? (ambos não jogam mais, o que importa, então????) No entanto, essa questão é muito importante e os Argentinos levam-na com ferro e fogo! Mas, fosse qual fosse minha resposta, em seguida recebia a contestação orgulhosa: 
“Maradona es el jugador más grande del mundo!!!" 
e a conversa seguia rumo à morte, ou pelo menos, uma violenta briga com foice e palavrões. Olha que eu era extremamente educada (nessa época)!! Ainda sem gostar de futebol e sem entender patavinas do esporte mencionado, certa vez, esgotada pelos constantes duelos, nutri-me de entusiasmo e nacionalismo necessário (também aprendi a amar Pelé como sangue do meu próprio sangue) e concordei com os boludos, opsss, com los hermanos, ao dizer: “Claro, claro... Maradona é o melhor do mundo!! O maior cheirador de cocaína!!” E assim, esquentava mais uma discussão diplomática, com armas e escudos, a guerra estava travada.

Direito de resposta retardatária:
Um brasileiro entra num bar de Buenos Aires e três argentinos que estão sentados de canto resolvem irritá-lo.
O primeiro vai até ele e fala:
— O Pelé é veado.
O brasileiro nem olha para ele e diz:
— É mesmo?
O segundo vai lá, chama a atenção do brasileiro e manda:
— O Pelé é um bichinha!
O brasileiro parece não ligar, só diz:
— É mesmo?
Aí o terceiro tem uma iluminação, levanta, grita:
— O Pelé é argentino!
E o brasileiro responde:
— Bem que seus amigos me falaram!

… o churrasco argentino é conhecido mundialmente, (não porque há uma grande concentração de cuecas reunidas e nem porque a cada 10 boludos que se ouve, o intérprete absorve uma frase inteira com palavras "normais"), mas sim, pela carne macia e suculenta, (dizem que é pela falta de morros, as vacas sedentárias não criam músculos...), eles sabem realmente preparar um churrasco, há fartura e técnicas especiais. Abundância! Totalmente oposto do mirrado churrasco paulista, composto de duas linguiças na brasa e 5 caixas de cerveja na geladeira.
O estranho do churrasco argentino são os adicionais, tripas e cérebro com um sabor muito “especial”, a boca cria um brilho viscoso de gordura que escorre até o queixo... tudo que posso dizer (para não estragar minha pitoresca relação com los hermanos) é: Quem come não esquece... mas a Quilmes bem gelada desce tao redondo quanto a Skol.
Dizem que a má fama dos argentinos se dá pelos portenhos (cidadãos nascidos em Buenos Aires), mas tenho minhas dúvidas... escutei falar que argentino adora brasileira, mas na Argentina, é ao contrário: são as brasileiras que morrem pelos argentinos... Na Argentina estão também as mulheres mais bonitas do mundo (isso ouvi lá), o melhor futebol, os melhores esportistas e a melhor comida, ainda que eu só tivesse comido frango com pão, pão com frango, carne com pão, pão com carne... Reclamam da nossa comida, dizem que só temos feijão e carne de touro, e ainda, os invejamos! É verdade que carecemos de nacionalismo, mas nacionalismo sobra aos argentinos ao ponto de torná-los arrogantes. Deus é argentino e eles afirmam que é o tal do Maradona que um dia jogou bola, sem perceber que hoje, a bola é o próprio jogador! Eles poderiam até falar do Che Guevara se quisessem, mas ninguém acreditaria, todo mundo acha que o cara é cubano!
Invejamos a soberba argentina e a própria inveja deles em relação a nós, só pode ser isso! Dizem que o argentino é legal e eu também acho, mas só quando dorme!!!!!!!!!!!

Para terminar, deixo uma gracinha, pois é evidente, perdemos a amizade, mas nunca a piada:

Um brasileiro está calmamente tomando o café da
manhã quando um argentino típico, mascando chicletes,
senta-se ao lado dele.
O brasileiro ignora o argentino (óbvio) que, não se
conformando, começa a puxar conversa:
- Argentino: Você come este pão inteirinho?
- Brasileiro (de mau humor): Claro.
- Argentino: Nós não. Nós comemos só o miolo, a
casca nós vamos juntando num container, depois processamos,
transformamos em croissant e vendemos para o Brasil.
O Brasileiro ouve calado.
O Argentino insiste: Você come esta geleia com o pão?
- Brasileiro: Claro.
- Argentino: Nós, não. Nós comemos frutas frescas
no café da manhã jogamos todas as cascas, sementes e
bagaços em containers, depois processamos, transformamos
em geleia e vendemos para o Brasil.
- Brasileiro: E o que vocês fazem com as camisinhas depois
de usadas?
- Argentino: Jogamos fora, claro!
- Brasileiro: Nós não. Vamos guardando tudo em
containers, depois processamos, transformamos em chicletes e
vendemos para a Argentina...

Poxa, essa foi de mau gosto, hein! 
...Mas ri muito, hihi



Kommentare:

  1. "Argentino é legal só quando dorme" huauauauauauuauauauaua (sabemos que vc poderia haver pego mais pesado se quisésse, mas sim, ao que tudo indica: Voce ainda é educada!!!) Agora, é verdade que o Che Guevara era argentino??????? rsrsrsrs Adorei!!!!!!!!

    AntwortenLöschen
  2. Muito bom texto, ótimo sentido de humor! Parabéns!!!!

    AntwortenLöschen

1. Está vetado o linguajar muito sacana ou ofensivo - salvo exceções bem aceitas, do tipo: xingar o próximo (isso pode!).

2. Se quiser delirar, procure a torcida do flamengo, pois de sacana aqui já basto eu!

3. A gerência de marte agradece a compreensão!

Boutique de Ideias

E você, já pegou no livro hoje?

Ebook de Segundas Intenções na Amazon

eBook Best Seller na Amazon: Segundas Intenções

Oi gentem! Tudo certinho com vocês? Eu não poderia estar melhor! Rezemos! J ;)  A promoção dos meus eBooks na A...

Qualquer semelhança desse blog com a realidade, é pura cagada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilha mais essa asneira também, bro!!!