eBooks Amazon

Traduzir Dê Português para Chinês Traduzir Dê Português para Espanhol Traduzir Dê Português para Italiano Traduzir Dê Português para Françês Traduzir Dê Português para Inglês Traduzir Dê Português para Alemão Traduzir Dê Português para Japonês Traduzir Dê Português para Russo
TRANSLATE

Cagando os pés em família!


Ein Gutes neues Jahr, Leute!!!


Espero que vocês tenham tido um final de ano do perú, comemorado em alto estilo junto com esse calor gostoso que faz no Brasil, e desejo que 2012 seja melhor para todos, que nasçam cabelos nos carecas, que os pobres ganhem na loteria, que os loucos fiquem mais loucos, e que faça dez meses de calor na Alemanha!
Cada ano que passo aqui, eu aprendo mais e mais sobre os costumes e tradições desse país de batatas. Às vezes dou gargalhadas, às vezes não dou gargalhadas, mas com certeza, nunca choro.
Natal na casa dos sogros italianos, chega a parentada. Faz três meses que não fumo e não bebo. Como suportar o estupro da língua alemã em meus ouvidos sem uma bela taça de champanhe? Por outro lado, como beber sem fumar?
Ouço oito pessoas falarem ao mesmo tempo, quatro entre oito lutam pela minha atenção, mas eu só consigo entender duas pessoas por vez. Hora de comer o pato, ele é servido com molho de laranja, repolho roxo e Kloß mit Souce. Eu sou vegetariana, menos nas datas festivas, menos quando quero conhecer a culinária de algum país desconhecido, menos no natal e réveillon. Trituro o pato, ele é gordo, me sinto mal, ele era tão bonito... Bebo vinho, me sinto bem, consigo prestar atenção a três pessoas ao mesmo tempo. Vinho vai, vinho vem, a comida não para de chegar. Como tanto que tenho a impressão de que meus olhos estão explodindo saindo do rosto. Fico tonta com tanta comida, paro de comer, bebo somente. Os parentes já não parecem insuportáveis. Busco mais uma garrafa de vinho; meu sogro reclama, pois só trouxe dez litros da Itália e eles têm que durar pelo menos seis meses.
A sobrinha de quinze anos não para de mexer no IPhone que acabou de ganhar. Escuto e bebo, está tudo tão divertido. Encho a taça de minha sogra de vinho. Ela tem 66 anos e reclama que está bêbada novamente “Mamma mia! Sono ubriaco di nuovo!” ela precisa parar de beber. Minha sogra não bebe, mas costuma encher o caneco quando o filho dela (meu marido) aparece por lá. Ela é italiana e por isso abraça os filhos e os netos, ama o genro e a nora. Ela pede para comprarmos uma casa em Nuremberg e vivermos por lá, ao lado dela. Cogita a possibilidade de morarmos todos juntos em uma casa maior. Delira: “Eu posso ensinar você a cozinhar!”. Eu faço de conta não ouvir tamanho disparate. Sei que jamais aprenderei a cozinhar. Sorrio, encho minha taça de vinho (e a dela também), assumo o controle da conversa. Todos riem, eu também. Meu sogro não aguenta tantas risadas e sai da mesa para não rir dormir no sofá. Eu pego mais uma garrafa de vinho (dele). Ele acorda, reclama, eu não ligo. Fazemos um jogo com dados, minha sogra é uma parceira terrível e só tira os piores números: 1 e 2. Perdemos. Eu não gosto de perder. Começo a roubar. Ganho. Comemoro. Encho a taça de todos. Agora, escuto quatro de quatro. Todos estão bêbados e falam sobre política e nazistas. Os mais ingênuos acham que os nazistas são um caso do passado, que não existem, outros têm medo deles. Meu sogro acorda, sai do sofá e vai até à mesa, dá a opinião dele (ninguém o entende, ele está sóbrio demais). Ele volta para o sofá e dorme de novo. Eu não quero opinar (ninguém me entenderia, estou ébria demais), ademais, esse país não é meu. Escuto. Bebo. Estou mais louca que o Batman. Todos estão. A sobrinha cansa de escrever (sabe-se lá o que) no tal do IPhone, e dá um pitchizão. Ela quer ir embora, não aguenta mais a conversa dos pés de cana sentados à mesa (nem eu!). Os bêbados a ignoram (eu também), e continuam com a conversa fiada. Pego a última garrafa de vinho, encho a caneca de todos. Sou excelente anfitriã, embora a casa não seja minha (e nem o vinho). A amizade acaba quando o vinho acaba. Meu sogro parece aborrecido. Eu espero que ele não se importe, mas digo que calculou mal. Eu o provoco: "Lamento muito termos liquidado seu estoque de bebida. Da próxima vez, favor comprar mais!". Ele não terá vinho italiano por seis meses. Ele não terá vinho no dia seguinte. E nós, provavelmente, não teremos vinho no próximo evento (não na casa dele...).
Mas quem não bebe não faz amigos! Já dizia o cachaceiro poeta! 

Feliz natal Ho Ho Ho!!!


 Feliz 2012, people!!

Kommentare:

  1. Começando pela pérola: "Sou excelente anfitriã, embora a casa não seja minha." Não consigo parar de rir. Muito bom!
    Agora vai comprar umas garrafas de vinho pra repor o estoque do teu sogro, pobre homem!
    Só uma dúvida, em que idioma vcs conversam?
    Feliz ano novo Geymoca!!!

    AntwortenLöschen
  2. Oi Laurinha!!!! Somos todos estrangeiros aqui, mas a gente conversa (tenta) usar o alemao. O meu alemao (o idioma), modéstia à parte, está de vento em pompa, e quando bebo entao... falo melhor que qualquer nativo, melhor que a Angel, hahaha
    Quanto ao vinho, vc acredita que o meu sogro é meio "agarrado" com o néctar, mas nao admite que nós o compremos? Ele quer ser Al Capone, mas nao gosta de dividir a óstia entre os pobres, entao eu meto a mao mesmo, rsrsrs Mas eu vou pagar, juro!!!
    Feliz ano novo, bonitona!!!!!
    Beijao!

    AntwortenLöschen
  3. Que esse ano seja um ano de realizalçoes em sua vida, beijo querida amiga

    AntwortenLöschen
  4. Geyme:
    Por lo visto las fiestas las has pasado de manera divertida. :)
    Que tengas un gran 2012 lleno de amor y felicidad.
    Son los deseos de
    David C.

    AntwortenLöschen
  5. Olá Geyme querida,
    Obrigada pelos votos de Ano Novo.
    Desejo a você e familiares, um 2012 repleto de paz, amor, alegrias, saúde. Também espero que você tenha muitas realizações e prosperidade.
    Adorei o post. Dei muitas risadas. Não consigo imaginá-la bebum (é como se chama os pés de cana
    aqui no Sul).
    Um afetuoso beijo em seu coração.
    Maria Paraguassu.

    AntwortenLöschen
  6. Você me divertiu com sua narrativa. Até me imaginei lá, como espectadora. Quando o vinho só faz as pessoas rirem e dormirem, beleza!!!! Pior quando provoca discussões temáticas inapropriadas e ânimos alterados (heheheheeheh).

    FELIZ 2012!!!!!

    Bjs.

    AntwortenLöschen
  7. Geyme, querida, Feliz Ano Novo "atrasado"!! Vi seu vídeo. Vc tá linda.

    AntwortenLöschen
  8. hahahaha...Geyme...como eu ri....voce é otima contando.
    Me identifiquei em varios momentos...
    Adorei a sua noite alegre, acabando com o estoque do sograo...rs!!!
    Um super 2012 minha querida!!!
    Beijocas!!

    AntwortenLöschen
  9. Como sempre, morro de rir com suas histórias... lendo e contando pro meu marido o que acabei de ler! Adoro suas narrativas, adoro "sou vegetariana menos no natal, no reveillon e quando viajo..." rsrsrs adoro seu jeito divertido de ver as coisas. Vc vive, vc se diverte com as tragédias e faz tudo parecer mais fácil! Que 2012 seja hilário, cheio de histórias engraçadas e aprendizado para nós!

    Te desejo tudo de bom!
    Ah! Estive com minha sogrinha querida (Monica) na minha terrinha quente querida (Fortaleza) este fim de ano e voltei mais saudosa que nunca. Agora só chuva aqui em Minas! Morar na terra dos outros é difícil, mas faz a gente lembrar o quanto ama a nossa. Imagino como vc se sente do outro lado do mundo e no frio! bjossss

    AntwortenLöschen
  10. Você teve o seu natal de pato e anseia que o nosso tenha sido do peru? Sem falar nesses seus originalíssimos votos para 2012. Só você mesmo! Kkkkk. Agora, pela vida de farras que levas, amiga, creio que não tens muitas oportunidades de exercitar o seu vegetarianismo, não é mesmo? Rsrsrs. O texto está hilário, impagável como tudo o que a Geyme Lechner produz (bêbada ou não. Rsrsrs).

    AntwortenLöschen
  11. Oi tudo bem? Eu me chamo Vanessa Meiser e sou autora do Blog do Balaio.

    Estou entrando em contato para propor a você uma parceria entre seu livro e o Balaio, sei que ja deve estar acostumada a receber este tipo de proposta, mas como sou uma apaixonada por livros de todos os tipos e gêneros e tenho verdadeira paixão pelo que faço que é expor aos meus leitores a minha opinião sobre cada livro lido, resolvi arriscar. Adoraria poder ajudar a divulgar ainda mais seu trabalho. O que acha?

    Bem, vou falar um pouquinho do meu blog para que conheça melhor: o Blog do Balaio está atualmente com 1320 seguidores e possui uma ótima média de visitas e comentários em cada postagem. Nele eu escrevo sobre os livros que leio e dou várias dicas de leitura.
    O Balaio possui parceria com as Editoras Novo Conceito, Arqueiro, Belas Letras, Pandorga, Galera Record, Alcantis, DCL, e Farol e com os seguintes autores: Flavia Cristina Simonelli, Márcia Paiva, Janethe Fontes, Allan Pitz, Carolina Munhóz, Antonio Rondinell e Markus Thayer.
    Link do blog: http://balaiodelivros.blogspot.com/
    Bom, fico aqui na torcida para que o Balaio seja seu feliz parceiro.
    Um grande beijo e um ótimo 2012!
    Vanessa Meiser

    AntwortenLöschen
  12. Que seu dia seja iluminado e colorido como as cores do arco-iris, super beijo, acompanhada de um abraço apertado!

    AntwortenLöschen
  13. Frohes Neue pro casal!
    Sensação de déjà vu com este seu texto.
    Será que temos algum grau de parentesco?
    O ambiente assim amistosamente familiar,
    não sei não...

    AntwortenLöschen
  14. Este filminho ao lado é a sua cara, se é que você me entende!
    Oi amiga cachaceira, eu não sei o que é comer pato no natal, nunca comi, mas imagino que se eu fosse vegetariana assim tão fanática, adoraria comer pato no natal.
    Quanto a dar risadas, é a minha diversão, mas eu sempre acabo chorando no meio delas, apesar de não ter vivido no pais das batatas, qualquer um para mim viraria o país das cebolas.
    Por falar em batatas você já leu algo de Günter Grass? Acho que você iria adorar.
    Adorei seu post, como sempre bem divertido.
    Grande beijo

    AntwortenLöschen
  15. Geyme sempre me fazendo rolar de rir com seus textos...

    AntwortenLöschen
  16. Que natal animado hein amiga, rs, me fez rir aqui e ficar pensando como toda festa de natal é parecida em todo lugar do mundo! No final se vc não bebe, vira um porre, e olha que eu não sou de beber!rs. E acho justo os seus desejos para todos, para os carecas cabelos, para os pobres a loteria etc, rs, mas um tantinho difíceis de serem realizados ( infelizmente )... rs. E te passo o meu email sim, é claro: csmfrs@gmail.com, me escreve e se aí vc quiser o meu msn eu te passo tb. Ah e mais uma coisa: eu assisti depois que li o seu último post, o filme Amor em tempos de Cólera, e adorei! Achei linda a história, embora a ache bem improvável de realmente acontecer nos dias de hoje, no nosso mundo louco de hoje. Um grande abraço e um 2012 repleto de luz, amor, sucesso, saúde, felicidade e muitas viagens pra vc!

    AntwortenLöschen
  17. Ai que delícia de post!!
    amei!
    beijão e feliz 2012!
    (nos revemos na Buchmesse em outubro, heim?)

    AntwortenLöschen

1. Está vetado o linguajar muito sacana ou ofensivo - salvo exceções bem aceitas, do tipo: xingar o próximo (isso pode!).

2. Se quiser delirar, procure a torcida do flamengo, pois de sacana aqui já basto eu!

3. A gerência de marte agradece a compreensão!

Boutique de Ideias

E você, já pegou no livro hoje?

Ebook de Segundas Intenções na Amazon

eBook Best Seller na Amazon: Segundas Intenções

Oi gentem! Tudo certinho com vocês? Eu não poderia estar melhor! Rezemos! J ;)  A promoção dos meus eBooks na A...

Qualquer semelhança desse blog com a realidade, é pura cagada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Compartilha mais essa asneira também, bro!!!